Buenovel

Baixe o livro no aplicativo

Download
Capítulo 75 - Nossa primeira grande briga

Aquele beijo me lembrou bastante do Kameel. Foi como beijar ele de novo, coisa que chegava a ser estranha. Há tempos eu tento não focar meus pensamentos no Kame porque tenho medo das lembranças ruins que acompanham nossos bons momentos. Entretanto, lá estava eu, sentindo aquele calor familiar e único que me fazia sentir aconchegante.

Encerrei o beijo ao perceber que loucura estava fazendo. Afinal, eu estava beijando o Malek. O detestável Malek. Só pode ser obra dessa maldita Conexão. Essa mesma coisa fez o Tanay acabar me beijando. Comecei a ficar vermelha a medida que afastava nossos rostos e o encarava.

— Tá bom, essa foi a cena mais estranha que eu já vi na minha vida — declarou Utae, se virando para contemplar a paisagem catastrófica ao nosso re