Buenovel

Baixe o livro no aplicativo

Download
Capítulo 30
"Se acalma! Se acalma!" — Repito esse mantra várias vezes mentalmente para não chegar jogando tudo pros ares ao entra em minha propriedade.

Estaciono o carro e respiro fundo antes de sair.

— Vamos tentar! — diz Ryan.

— Estamos tentando! — digo calmamente.

— Assim não vai consegui disfarçar seu descontentamento com essa mudança.

— E quem disse que eu quero esconder? — pergunto irônico.

— Lina não vai gosta — Ryan fala me deixandi com mais raiva ainda.

— E o que que ela tem que gosta? — questiono de maneira rude — A final, quem é que manda? — pergunto já com as mãos fechadas em punho.

— Tenho certeza que ela não tinha a intenção de te humilhar, como você está pensando que foi humilhado — fala e na hora meu coração aperta.

— Eu sei, mas é que eu não tenho o costume e nem gosto de ficar recebendo ordens — confesso desanimado.

— Até que em fim parou de drama — Ryan sorri e abro um sorriso de lado.

— Só não te bato, seu pulguento, pois teria que me bater.

— Pulguento é você! I